Aguas futuras

Orquestra Sinfônica Brasileira mostra inteligência em concerto no Rio de Janeiro com jovem compositor e DJ norte-americano Mason Bates
Na noite de 2 de junho, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), regida pelo maestro residente Lee Mills, apresentou concerto que tinha o mar como mote e continha obras de três compositores que, cada um à sua maneira, de certo modo e em determinado grau, quebraram paradigmas de sua era e lançaram algumas bases do que viria a ser a música orquestral do futuro.

Leia mais: http://www.movimento.com/2016/06/aguas-futuras/

Adicionar um comentário

Email again: